Fragmentos de Mim

Vou tentar expulsar todos aqueles sentimentos que você deixou em mim, e pode ter certeza, não foram poucos. Se tu quiseres ele de volta, tome, são todos seus, não preciso mais e minha felicidade também não. Hoje irei juntá-los e depois vou jogar tudo fora, nada mais irá restar, nem lembranças, nem momentos bons. Digo-lhe com todas as dores que não posso mai carregar-los comigo.

Pode até ser que fragmentos de mim irão juntos, mas se for para tirar a minha paz, até prefiro jogá-los fora também, depois, com coisas boas, irei repondo aos poucos, com a calma que eu nunca tive, você sabe disso, e com a paciência que sempre me faltou. Quero sentir, agora, outras batidas do meu coração. Esse lamentável toque que vive no meu peito não me apetece mais.

Tempos bons eram aqueles de que a única certeza que tinha era de que  nada teria hora pra acabar. Era tão simples, mas era completo. E das coisas que eu não falei, sempre demonstrei, mas sabia de que nada havia percebido e eu nunca me preocupei com isso, achava que cedo ou tarde iria entender, mas eu vi que agora o tarde já era tarde demais.

Pois bem, ficaremos assim então, um dia, quem sabe, nós encontraremos por ai, e tudo isso com certeza vai passar. Meu ultimo pedido é que não me procure e nem saiba nada de mim. Agora eu vou continuar a vencer o cansaço e o medo do futuro, mas que tudo tenha seus caminhos direcionados para o bem…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s