Quando o Inesperado Bate à Porta

large

Prometi a mim mesma que daria um tempo ao coração. Ele, cansado de tantas lutas, suplicava por paz. Afinal, a vida só está começando, tantos sonhos e planos para realizar, tantos sorrisos para distribuir, tantas lágrimas para descortinar…

Quando tudo parecia estar em seu devido lugar, apareceu você. Logo agora que me encontrei, que depois de muitas tentativas mal sucedidas achei meu rumo na vida. Você apareceu assim, tão de repente. O inesperado tem dessas, vem de mansinho trazendo o caos à nossa ordem.

O que fazer agora? O coração, que outrora repousava tranquilamente, agora só falta sair do peito quando te vê. Sei que você está à porta, neste momento, me pedindo para entrar. Pronto para ocupar seu lugar, aquele reservado há tempos, mas que insisto em manter fechado a sete chaves. Tenho medo, pois, sei que no dia em que eu abrir, não terei mais tudo sob controle. Tenho medo de perder. Ou me perder, em você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s